Simples e Prudente

Concretizando a palavra de Jesus:

Sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas

Teresa lançou-se numa aventura verdadeiramente evangélica. Foi prudente, capaz de arriscar, revelando o gosto de fazer o bem, na simplicidade, em silêncio. Viveu, em grau heróico, a virtude da prudência nas diferentes circunstâncias da vida, soube ser ousada, mas não precipitada. Todas as suas decisões foram amadurecidas na oração, na escuta da vontade de Deus e na atenção ao tempo:

Estamos numa época em que é necessário trabalhar muito, mas trabalhar com prudência. Estou penetrada do sentimento que é necessário trabalhar em silêncio com a maior prudência. Não importa o exterior, o caso está em fazer o bem; quando mesmo seja às escondidas. Devemos trabalhar em silêncio, pois assim se fazem as obras de Deus.